O primeiro de muitos

Olá! Nós somos o Instituto Reúna e já estamos com nosso site e redes sociais no ar há algum tempinho, mas hoje queremos fazer uma pergunta: você conhece a história do Reúna? E a de quem trabalha para os nossos projetos acontecerem? E a nossa missão, você sabe qual é?

Para responder a essas e a outras questões, inauguramos hoje o blog do Instituto Reúna, um laboratório de ideias em que vamos poder compartilhar um pouco mais sobre nós e nosso trabalho.

Pra começar, queremos contar um pouco da nossa história, sobre como e por que nascemos. O Instituto Reúna é uma organização sem fins lucrativos que começou seu trabalho no primeiro semestre do ano passado, quando ainda não tinha nem nome definido e só tinha a Katia na equipe. 

A Katia Smole, nossa diretora, já vinha trabalhando para a criação do Reúna desde o começo de 2019 quando surgiu a necessidade de um material de apoio aos formadores de professores durante a implementação da BNCC. No melhor sentido da expressão, colocamos o carro na frente dos bois e começamos a desenvolver o Percurso Formativo enquanto a gente ainda estava se estruturando como uma organização.

Apresentação das pautas formativas do Percurso Formativo

O Percurso ficou pronto em agosto e em poucos meses correu o país! E a equipe, ainda incompleta, sem escritório e sem email oficial, motivada pela nossa missão, seguia trabalhando a todo vapor.

Voltando no tempo…

Mas vamos voltar uns meses antes do nascimento oficial do Reúna. Alguns anos atrás, na verdade.

Em 2013, diversas organizações do terceiro setor, educadores e especialistas de educação se reuniram para formar o Movimento pela Base. Você pode ler toda a história aqui, mas foi um momento muito importante para o país porque foi quando a sociedade civil se uniu e se organizou porque entendeu que – para a educação do Brasil melhorar – era necessária uma Base Nacional Comum Curricular. A este movimento se juntou a Katia, entre tantas outras pessoas e organizações.

Pulamos alguns anos e vamos até a aprovação da BNCC (em 2017 para a Educação Infantil e Ensino Fundamental, e em 2018 para o Ensino Médio). Começamos a entender que depois de toda a energia empenhada para conseguir criar um documento como este, que regulamenta quais são as aprendizagens a serem aprendidas pelas estudantes nas escolas brasileiras públicas e particulares de educação básica, agora tínhamos um desafio ainda maior que era implementar a BNCC em todas as escolas do país.

E, por mais que houvesse muitas organizações dedicadas a trabalhar para isso, não existia nenhuma que zelasse especificamente para a qualidade técnico-pedagógica da implementação da BNCC em quatro frentes consideradas fundamentais para o sucesso desta etapa: novos currículos alinhados à BNCC, materiais didáticos, formação dos professores para trabalharem a BNCC e novas avaliações.

Como nasceu o Reúna

Foi então que, em 2018, a Fundação Lemann e a Omydiar, por meio da Alliance, decidiram investir na criação do Reúna. E a pessoa que convidaram para estar à frente deste processo foi alguém que estava envolvida no Movimento pela Base desde o começo e que foi ganhando muita visibilidade e respeito de discussão da BNCC, a Katia Smole, hoje nossa diretora, mas também fundadora do Mathema – que se dedica ao ensino de matemática há décadas.

O convite foi feito e a proposta estava em análise. Mas a vida tem suas reviravoltas e em maio de 2018, Katia foi convidada para assumir a Secretaria de Educação Básica no MEC e o projeto Reúna foi adiado até o começo de 2019, quando ela retornou para São Paulo.

Fonte: Porvir

Até julho do ano passado, Katia trabalhou com a Fundação Lemann e a Omidyar (que hoje passou por algumas mudanças e o braço de educação que nos apoia é a Imaginable Futures) para começar a elaborar o que seria o Instituto Reúna, entender os desafios que iríamos enfrentar e pensar em quais pessoas precisavam estar ao lado dela para isso.

E idealmente, a equipe estaria formada, o nome escolhido, um site estaria no ar e aí sim começaríamos juntos a trabalhar. Mas como nascemos para ajudar num grande desafio do país – que é a implementação da BNCC – não podíamos esperar tudo estar pronto. E por isso o Percurso Formativo nasceu antes mesmo do nascimento oficial do Reúna e também do nosso site. E é por isso que o Percurso Formativo tem seu endereço online separado (por enquanto!).

Passado este turbilhão inicial, conseguimos reunir grande parte do nosso time até outubro de 2019 e, em novembro, fizemos um evento de lançamento do Instituto Reúna. As fotos, que também estão no nosso Instagram, você pode ver aqui:

De novembro para cá, muita coisa já aconteceu, mas vamos contando aos poucos! Seja muito bem-vindo ao nosso blog! Estamos felizes de ter mais este canal para conversar com vcs!